Wäls Barrel Aged no copo!

Umas das coisas mais interessantes no mundo da cerveja – ao menos aqui pra gente – é o potencial que a maturação em barris de madeira confere a bebida. E hoje vamos falar justamente das cervejas Barrel Aged da mineira Wäls e os bons resultados alcançados com este processo nas já conhecidas Petroleum e Quadruppel e na nova Unique!

wäls barrel aged

 

Para começar, vamos falar dessas velhas companheiras e que ganharam esta bela edição Barrel Aged! Mas, antes vale lembrar que tanto a Petroleum quanto a Quadruppel, apesar de serem cervejas diferentes, passaram pelo mesmo processo. Ambas envelheceram em barris anteriormente utilizados na produção de cachaça Salinas e depois em carvalho com adição de cacau por 10 meses! Já a Unique é um outro caso e vamos abordar diretamente na parte que se refere a ela.

 

Wäls Quadruppel Barrel Aged

wäls quadruppel barrel aged

A cerveja apresentou uma espuma bege mais escura, com boa formação e média para baixa persistência. A cor é muito viva, um belo rubi com tons em vinho que colorem a taça.

O aroma traz de forma bem evidente frutado de uva passa e malte caramelizado, mas sem ser doce excessivamente (algo que ocorre com muitas cervejas do estilo). Ganha ainda contornos com madeira, álcool suave, açúcar mascavo e baunilha. O sabor basicamente repete o aroma, porém com uma soma de framboesa e um pouco da sua acidez no frutado e a madeira surge mais assertiva e presente.

wäls quadruppel barrel aged

 

O doce briga um pouco com a madeira e com o álcool resultando em equilíbrio. Goles mais quentes podem ser facilmente sentidos, motivados pelos 11% ABV. Aqui o cacau não ganhou muita força e acho que se perde um pouco em meio ao frutado. O corpo é médio e mesmo considerando o estilo e a maturação em madeira não é uma cerveja muito complicada para beber. Com final vínico e frutado e o aftertaste maltado e mais alcoólico, essa Quadruppel Barrel Aged agradou bastante e certamente para um dia mais frio é uma grata pedida!

E o tempo, claro, fará muito bem para quem puder guardá-la.

 

Wäls Petroleum Barrel Aged

Velha conhecida dos brasileiros, a Petroleum é uma das Imperial Stouts mais interessantes que há por aqui. Além do trabalho em madeira feito pela DUM, esta versão Barrel Aged da Wäls está sensacional!

wäls petroleum barrel aged

 

A espuma que ela apresentou é marrom, avelulada, cremosa e bem firme na taça. A cor é aquele preto opaco tradicional, sempre vivo e intenso.

O aroma é uma carga intensa de torra do malte apresentando chocolate amargo, cacau (acredito que potencializado pela adição na maturação), frutas escuras com destaque para ameixa, caramelo e madeira. O álcool até então não se apresentou. O sabor é reforçado com uva passa e uma pegada mais intensa de cacau. A madeira também fez muito bem e traz alguma defumação.

wäls petroleum barrel aged

Que creme!

 

O corpo oleoso, denso, preenche bem a boca, os 12% ABV não ficaram tão evidentes e o álcool corre por fora, como um complemento a essa incrível carga de malte torrado. O final é frutado e evidencia a torra, já o aftertaste tem mais presença do cacau e defumação.

wäls petroleum barrel aged

E com a Petroleum resolvemos harmonizar queijos e mel. Desde o mais gorduroso e de sabor mais forte como o gorgonzola passando pelos tradicionais e mais leves gouda e parmesão. O gorgonzola recebeu ainda uma dose de mel de fazendas capixabas. Essa experiência simples resultou em boas complementações, especialmente com o gorgonzola no mel. O contraste do sabor intenso do queijo com o doce do mel e a torra da cerveja ficaram uma delícia!

 

Wäls Unique White Barley Wine

wäls unique

A proposta da Wäls com esta Barley Wine é de uma cerveja mais suave dentro do estilo, mas nem por isso menos interessante. Verdade, ouvi várias críticas a ela e elogios também. Aqui nós gostamos. É preciso entendê-la dentro de sua proposta. Lembrando que esta aqui é maturada em dornas de cerejeira.

Ela apresentou espuma branca de boa formação e média persistência. A cor é um dourado bonito com tons alaranjados, que se destaca na taça.

wäls unique

 

O aroma é muito interessante. Apresenta frutado de uva (me remeteu bem a moscatel e a algumas cervejas que passam pelo método champenoise), madeira suave, caramelo e malte. No sabor o malte se destaca ainda mais, a uva traz um contorno vínico bem gostoso e que contribui com um amargor equilibrado. A carbonatação é baixa e acaba por ressaltar outros pontos como o corpo aveludado, mas que conta com certa suavidade, a madeira que não exerce uma influência tão grande, defumação e algumas notas mais doces. Os 12% ABV são potentes e se revelam na boca assertivamente.

Com final um pouco seco e com frutado de uva e o aftertaste mais quente e alcoólico, a Unique se revela uma diferente e prazerosa Barley Wine!

 

Wäls Wild Ale EAP

Temos ainda a Wild Ale EAP, uma cerveja que a Wäls produziu para o Empório Alto dos Pinheiros. Ela é um blend de 50% Dubbel e 50% Wild Dubbel, que descansou por quatro anos em barris de carvalho. Foram apenas mil garrafas e esta é a 940.

wäls wild ale eap

 

A cerveja é uma mescla entre uma Sour e uma Dubbel e o resultado é ótimo, combinando bem as características de cada estilo. A espuma é bege de boa formação, porém com baixa persistência e cor rubi bem viva e turva, com quantidade razoável de sedimentos.

wäls wild ale eap

 

O aroma é frutado, ameixa e amora, malte, acidez, álcool bem suave. O sabor possui carga maltada e cremosidade ótimas, combinando ainda com as notas frutadas, álcool bem presente e equilibrado que proporciona um pouco de aquecimento, mas é refrescante ao mesmo tempo. Afinal, são 7,5% ABV. Acidez, levedura, vinificação e leve defumação completam a ótima drinkability.

wäls wild ale eap

 

Torcemos para que não só a Wäls, mas que outras cervejarias também continuem e/ou passem a investir nestas linhas de cerveja. O paladar só tem a agradecer.

Além disso, cabe o destaque para o acabamento das Barrel Aged com a garrafa rolhada e lacre em cera e o rótulo em papel da Wild Ale EAP. Um belo trabalho de identidade visual que com certeza agrega na experiência com a cerveja.

wäls barrel aged

 

E vocês, já provaram estas? Contem aí pra gente o que acharam, afinal pessoas diferentes tem percepções diferentes!

 

Saúde!

By | 2015-12-02T16:51:40+00:00 December 2nd, 2015|Degustações|0 Comments