Mondial de la Bière Rio de Janeiro – cervejas gringas

Uma das coisas mais bacanas de participar de eventos cervejeiros é dar de cara com a diversidade de rótulos e as várias novidades que são lançadas no gancho destes. Como já falamos sobre o Mondial de la Bière Rio de Janeiro, durante este festival vários rótulos são disponibilizados ao público. Especialmente os que não possuem importação regular para o Brasil. Na primeira edição as americanas Dogfish Head, Sierra Nevada, Lagunitas e Shmaltz e a canadense Dieu du Ciel marcaram presença no Petit Pub. Neste ano as cervejas gringas estão reforçadas. Você pode conferir mais sobre o evento aqui.

Além de alguns rótulos das cervejarias acima, exceto a Shmaltz, quem for ao Mondial de la Bière este ano irá encontrar Ommegang, Stone e Smuttynose entre as americanas. Já entre as canadenses desembarcam como novidade a Le Trou du Diable e Brasseurs du Monde.

A promessa é de preços justos, fato que em 2013 se concretizou e permitiu a limpa com garrafas pequenas a R$ 18 e garrafas grandes a cerca de R$ 40. Sim, é preparar o bolso e correr pra alegria!

 

Confira aqui a lista completa do que já está confirmado até o momento entre as cervejas gringas.

 

CANADÁ

BRASSEURS DU MONDE

ALE DE HARDY 10.5%

BRASSEURS DU MONDE ale de hardy mondial de la bière rio de janeiro cervejas gringas

A Ale de Hardy apresenta sabores fortes de cevada maltada acentuados por notas de caramelo, frutas secas e uma sensação estimulante proporcionada por um maior teor de álcool. Durante sua degustação, podem ser percebidas notas de vinho do Porto, cereja preta e pirulito de maple.

L’ASSOIFFÉ 10 9.2%

A Assoifé—10 Tripel é uma cerveja dourada com aromas cítricos e frutas amarelas maduras, além de um sabor suavemente adocicado acompanhado por um toque final que lembra a suavidade do mel.

EXPLOITÉ 6.5%

Lupulada durante 90 minutos, essa cerveja é saborosa e muito amarga! Notas florais e herbáceas são complementadas por sabores cítricos complexos e um toque maltado sutil.

INFUSÉE 5.4%

L’Infusée, uma cerveja branca composta por três chás. A Infusée é sempre feita com chá verde, para que possa proporcionar poderosas propriedades antioxidantes.

 

 

▪ BRASSERIE DIEU DU CIEL !

MORALITÉ 6.5%

American IPA. O conceito de moralidade pode levar a diferentes interpretações, e em Quebec, esse conceito está historicamente associado ao álcool. Assim, são utilizados uma quantidade imoral de lúpulos a partir de uma mistura composta pelos lúpulos Simcoe, Citra e Centennial. Esse trabalho resulta em um toque final seco, aromático, resinoso e que evoca sensações associadas a frutas tropicais, revelando um amargor acentuado. A é uma colaborativa entre a cervejaria John Kimmich e a The Alchemist em Vermont, EUA.

PÉCHÉ MORTEL 9.5%

Imperial coffee Stout. Cerveja preta intensa, densa, que apresenta acentuados aromas tostados.

ROSÉE D’HIBISCUS 5.9%

Cerveja de trigo, de coloração rosada. O aroma e o sabor de hibisco proporcionam a esta cerveja uma ligeira acidez e um aroma muito agradável. Super refrescante.

 

▪ LE TROU DU DIABLE

LA BUTEUSE 10.0%

Cerveja de coloração âmbar coberta por espuma abundante. Seu corpo, repleto de delicadas bolhas de champanhe, carrega perfumes açucarados e aromas de especiarias exóticas. Tudo isso ganha respaldo no calor do álcool e no seu perfume inebriante.

LA DULCIS SUCCUBUS – BRASSIN SPÉCIAL 7.0%

le trou du diable LA DULCIS SUCCUBUS – BRASSIN SPÉCIAL mondial de la bière rio de janeiro cervejas gringas

Seis meses de envelhecimento em barris de carvalho californiano usados no armazenamento do vinho branco produzido pelo fungo botrytis conferem a esta cerveja um aroma complexo que se assemelha a flores, mel, baunilha, damasco e couro, pela adição de leveduras selvagens. Quando degustada, a cerveja se mostra plena e generosa, exalando aromas agridoces com um fundo de pêssego e lúpulos americanos.

LE SAND D’ENCRE 5.5%

Cerveja de uma coloração preta intensa, permeada por um aroma de café mocha espumoso, deixando delicadas rendas no copo. Generoso aroma de café marrom-chocolate e lúpulos herbáceos. Redonda e cremosa na boca, seu amargor é realçado por um toque de anis que se desfaz sumariamente em meio a doçura do açúcar.

 

 

ESTADOS UNIDOS

▪ DOGFISH HEAD

90 MINUTE IPA 9.0%

Uma IPA com sabores frutados banhados em Brandy, além de passas e frutas cítricas.

INDIAN BROWN ALE 7.2%

dogfish head indian brown ale mondial de la bière rio de janeiro cervejas gringas

Um cruzamento entre uma Scotch Ale, uma IPA, e uma Brown americana, esta cerveja é bem lupulada e maltada ao mesmo tempo. É fabricada com cevada aromática e açúcar mascavo caramelizado.

MIDAS TOUCH 9%

A receita apresenta os renomados ingredientes de cevada, uvas moscatel brancas, mel e açafrão, encontrados nos cálices do túmulo do Rei Midas! Algo comparável a uma cerveja, vinho e hidromel, a suavidade desta ale seca irá agradar os amantes de uma Chardonnay ou IPA. As notas que se apresentam em sua degustação são mel, açafrão, mamão, melão e biscoito.

 

▪ LAGUNITAS BREWING CO.

LAGUNITAS IPA 6.0%

Cerveja leve de coloração âmbar feita com base em uma receita formulada com maltes e lúpulos que atuam em conjunto para um equilíbrio total. Aroma marcado com toque final docemente lupulado.

A LITTLE SUMPIN’ SUMPIN’ ALE 5.0%

Um estilo verdadeiramente original que caracteriza um forte toque final de lúpulo em um corpo sedoso. Uma pale ale de trigo altamente filtrada.

PILS 6.2%

Essa cerveja se caracteriza por uma coloração dourada brilhante e nebulosa com densa espuma branca que atinge uma respeitável espessura, deixando um rendado marcante na borda do copo. Aromas de grãos de cereais tostados, massa de pão, pimenta preta, lúpulos nobres, e um perfil fermentado ligeiramente amanteigado. Muito limpa e brilhante.

 

 

▪ BREWERY OMMEGANG

ABBEY ALE 8.5%

ommegang abbey ale mondial de la bière rio de janeiro cervejas gringas

Para a fabricação da Ommegang, a primeira cerveja da cervejaria, a inspiração veio nas seculares práticas de produção cervejeira dos monges trapistas belgas. Essa cerveja avermelhada exala uma variedade de aromas, incluindo ameixa e canela, e apresenta sabores como caramelo, toffee, e alcaçuz.

HENNEPIN 7.7%

Esta ale dourada, rica e refrescante, provém de uma mistura entre gingersnap picante (biscoito de gengibre) e lúpulos cítricos.

RARE VOS 6.5%

Ale com especiarias; casca de laranja doce, pimenta da guiné, coentro.

3 PHILOSOPHERS 9.7%

A essência dessa cerveja é uma mistura singular e magistral entre uma ale forte, maltada e uma autêntica Kriek belga. Uma poderosa combinação entre cerejas, maltes tostados e chocolate escuro.

WITTE 5.2%

Ale de trigo no tradicional estilo belga, com especiarias, cascas de laranja doce e coentro.

 


▪ SIERRA NEVADA

PALE ALE 5.6%

A Sierra Nevada Pale Ale, é uma deliciosa interpretação de um estilo clássico. Apresenta uma cor âmbar profunda e um caráter excepcionalmente encorpado e complexo. Generosas quantidades de lúpulo Cascade premium conferem a essa Pale Ale seu bouquet perfumado e sabor picante.

TORPEDO IPA 7.2%

A Sierra Nevada Torpedo Ale é uma esplendorosa IPA americana; ousada, firme e repleta de sabores e aromas com destaque para o complexo caráter cítrico e de ervas que remete ao pinho, que caracteriza os lúpulos americanos.

 

 

SMUTTYNOSE BREWING CO.

BOUNCY HOUSE 4.3%

Estilo IPA. O corpo maltado sutil desta pale golden ale destaca o sabor do lúpulo e permite que sua fragrância de lúpulos secos seja realçada.

VUNDERBAR PILS 5.10%

Cerveja estilo pilsener alemã.

 


▪ STONE BREWING CO.

DOUBLE BASTARD 11.2%

stone double bastard mondial de la bière rio de janeiro cervejas gringas

Ale americana forte.

IMPERIAL RUSSIAN STOUT 10.6%

A Stone Imperial Russian Stout é super densa e rica. Essa cerveja encorpada e intensamente aromática apresenta diversas notas de anis, groselha, café e tostados.

MATT’S BURNING ROSIDS 10.5%

A Burning Rosids é uma saison de estilo belga que incorpora um exclusivo malte defumado em madeira de cerejeira (o nome faz referência à família das rosídeas, que deram origem às cerejeiras).

QUADROTACTICLE 9.3%

A Stone optou por não seguir os passos dos monges que conceberam a Quadrupel. Sendo assim, foi adicionado triticale, um grão híbrido que combina o sabor agradável do trigo com a durabilidade fundamental e o aroma do centeio, para dar nova vida ao teor de malte. Assim, essa cerveja totalmente reinventada conseguiu produzir um efeito diferente das suas antecessoras belgas clássicas, ainda assim de forma graciosa. Não muito doce, mas rica em sabores, que remetem a frutas secas.

 

 

A torcida continua para mais e mais cervejarias confirmarem!

 

Nos vemos lá, saúde!

 

Fonte: Mondial de la Bière

 

 

By | 2014-10-28T13:16:17+00:00 October 28th, 2014|Notícias|0 Comments