Crowdfunding cervejeiro e o seu ótimo resultado

Há muito já se fala sobre crowdfunding e seus benefícios. Usado para lançar diversos produtos, conseguir show de uma banda na cidade, fazer pesquisas, etc. Enfim, são muitas as opções. E esta opção também chegou ao mundo cervejeiro. É o primeiro realizado no Brasil, pelo menos é o afirmado pela empresa que promoveu, dando origem a cerveja Sexta-Feira. Acredito que lá fora isso seja um pouco mais comum.

Pois bem, o crowdfunding em questão é para uma causa um pouco mais nobre do que a produção da própria cerveja. É a chance de dar uma forcinha para a cena de crafts brasileira. “Support your local beer”, certo?! Bom, nem tão local assim, pois a produção foi em Ribeirão Preto/SP e eu falo de Vitória/ES, além de se tratar de uma colaborativa com uma cervejaria americana. Bom, vamos deixar o “local” sendo o Brasil e crer que o parceiro de fora na verdade é um grande ganho, já que traz novas ideias e o reconhecimento de que por aqui também se fazem ótimas cervejas.

Posto isso, estamos falando na realidade da Invicta e da Sixpoint Brewery que é do Brooklyn, NY. Já a plataforma de crowd fica por conta do pessoal do Social Beers. Confesso que foi a primeira vez que fiz uma contribuição em crowdfunding. Mas, já que tive a intenção, nada mais justo do que ser pra fazer uma cerveja né?! Comprei uma cota que dava direito a três garrafas e um pint, que ao meu ver poderia ter a logo mais destacada. E posso dizer, ainda bem que tenho mais duas garrafas para apreciar outra hora!

A ideia deste projeto girou em torno da Sexta-Feira, uma Imperial IPA de 8% ABV e 85 IBU. A brassagem dela ocorreu no dia 17 de março e contou com lúpulos Simcoe, Citra, Centennial e Amarillo, além de ter passado por processo de dry-hopping. Cada um desses lúpulos confere a ela uma boa carga de amargor e aroma. Mas, ela é mais complexa do que apenas isso.

sextafeira

A Sexta-feira possui uma bela cor amarelada cobreada. Espuma branca de boa formação e baixa persistência e média carbonatação. No aroma todos os quatro lúpulos contribuem muito para tudo ser bastante agradável, mas intenso e com uma pegada cítrica. Além de floral e um pouco adocicado, remete a manga, fruto do uso do lúpulo Citra. Essa combinação de lúpulos garantiu, ainda, um sabor carregado de amargor, uma mistura de frutas cítricas, um pouco de acidez e maracujá. O final é um pouco seco, mas que reforça de forma bem equilibrada tudo que ela possui de amarga.

Obs: a parceria da Invicta com a Sixpoint originou uma cerveja de linha para a brasileira. É a 6 O’clock PM, mas dela eu falo outro dia.

Pra fechar, um vídeo da produção da Sexta-feira:

Créditos do vídeo: Social Beers

 

By | 2014-06-16T01:51:01+00:00 June 8th, 2014|Curiosidades, Degustações|0 Comments